quinta-feira, 17 de abril de 2014

Classificação ao natural.

Na noite de ontem o Coritiba avançou para a segunda fase da Copa do Brasil após vitória por 2 x 0 sobre o Cene, do Mato Grosso do Sul.

Quem assistiu o jogo já conseguiu perceber que a equipe começa a ter um padrão tático mais definido, e ainda que o adversário não tenha oferecido praticamente nenhum perigo, isso se deve muito a aplicação na marcação iniciada desde a saída de bola adversária.

Obviamente que ainda se espera uma evolução maior deste grupo de jogadores para o restante do ano. Os constantes erros de passes no ataque, além da falta de tranquilidade na finalização das jogadas, são situações ainda precisam ser melhoradas nesta equipe. No entanto, a disposição e o melhor posicionamento da time em campo fizeram com que a partida se tornasse quase um treino de luxo. 

Como destaques da partida de ontem,  cito a volta de Leandro Almeida para a zaga, Baraka no meio, sendo muito seguro na marcação, além de Dudu, aprestando um bom futebol, sobretudo no primeiro tempo. Alheio a isso, não podemos deixar de referenciar o técnico Celso Roth, pela boa montagem da equipe e corretas substituições durante a partida, como a entrada de Jajá e Geraldo para oxigenar o ataque, ainda que o efeito não tenha sido o ideal.

O que o torcedor tem que perceber é que não dá para esperar muito dessa equipe "para ontem", pois estamos recomeçando um trabalho que já deveria estar em pleno vapor, haja vista que perdemos longos 3 meses e meio de trabalhos. Devemos lembrar que ainda existem jogadores chegando e o grupo está sendo reestruturado, o que certamente irá contribuir para a equipe crescer de produção ao longo meses. 

Se o trabalho seguir o rumo determinado a partir de agora, o Coxa tem condições mostrar para os "mães-Diná" de plantão que não brigará por rebaixamento, mas por algo muito mais honroso.

Pitaco

Analisando as contratações recentes para a comissão técnica, além dos reforços já vindos e especulados, é de se pensar: o que aconteceu na mentalidade "bom e barato" que norteou o nosso Verdão até o ano passado? 

Esta é apenas uma dúvida, não repreensiva ou depreciativa, tampouco de apoio incondicional. Apenas uma dúvida.

SAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget