domingo, 4 de agosto de 2013

Ataque...(ou a falta dele)...

Primeiramente, não é cornetagem o que vou escrever. Acho que o corneta reclama por pura implicância, não baseado em relação lógica de fatos. 

Antes que alguém me julgue, reforço que estou extremamente satisfeito com o que o Verdão fez até agora neste campeonato. Se compararmos investimentos, nosso time deveria estar disputando uma zona intermediária de tabela, nada mais do que isso. Mas mostrando que possui um elenco, é regular, perdeu sua primeira partida somente na décima primeira rodada, e continua na parte de cima da tabela. Ou seja, planejamento tem logrado êxito até este momento.

Agora, existe um ponto que acabei estudando e me preocupou um pouco: o ataque coxa branca. Hoje tendo Bill como titular e Keirrison como imediato reserva até o retorno de Deivid, observamos que nosso ataque possui muitos jogadores, mas quem carrega a artilharia são nossos meias, em especial Alex.

Fiz um quadro comparativo dos principais ataques deste brasileirão, comparando total de gols marcados pelas equipes comparadas com gols marcados pelos seus atacantes. Veja abaixo o resultado apurado:


Dos dados levantados, duas coisas preocupam com relação ao ataque coxa: 1) foi o ataque que menos marcou entre os comparados; 2) percentualmente, foi o que menos contribuiu para os gols pró da equipe (percentual de somente 29%). Pior de tudo, dos cinco gols do ataque Coxa, 3 são de Deivid, ou seja 60%, e atualmente o jogador está machucado.

Exposto isso, esperamos que nossos atacantes melhorem sua produção, pois centroavante bom não é só para ficar fazendo parece para quem chega chutando de trás, é quem acima de tudo tem competência para por a bola para dentro do gol. E no Verdão, por enquanto, isto não é uma realidade.

SAV 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget