quarta-feira, 19 de março de 2014

Data muito mais que especial.

Peço licença aos que me acompanham, mas seguindo uma sugestão do meu amigo blogueiro Luiz Betenheuser, hoje dou-me o direito de não falar das coisas do Verdão. Irei dedicar esta data para comemorar um fato mais do que especial na minha vida. 

Dia 19/03/2012, às 22:55, foi o momento em que renasci como homem e tudo em minha vida modificou seu modo de ser, pois foi naquele instante que minha filha Isabella veio ao mundo. 

Confesso que foram tantos sentimentos reunidos de uma forma tão intensa e simultânea, que não consegui expressar nenhum deles de forma explícita quando vi pela primeira vez aquela garotinha. Era tanta emoção, alegria, lembranças dos mais de 2 anos esperando sua chegada, dos dias em que eu e minha esposa chorávamos por mais um mês em que ela não vinha, que a única coisa que consegui fazer foi fitá-la por alguns minutos na encubadora inerte. 

Após aquela primeira apresentação "formal", enfim papai pode com a autorização da enfermeira tomar sua princesinha nos braços. Não existe a mínima condição de recordar desse momento sem marejar os olhos. Não sei se isso é uma reação pessoal, acredito que qualquer pai que realmente ama e se dedica aos seus filhos reagiria da mesma forma.

E assim se passaram os meses. É difícil dimensionar o tamanho da evolução que eu e minha esposa presenciamos na vida de nossa filha. Certa vez um ex-colega de trabalho disse "com filhos em casa não existe um dia sequer de monotonia". Não existe definição mais precisa para quem passa por essa experiência. São mudanças diárias, desde uma reação corporal nova, como nos primeiros meses de vida, até a chegada de uma palavra nova ao seu vocabulário, como tem sido nos dias atuais.

Obviamente que durante esses dois anos tivemos algumas dificuldades. Pequenas doenças, noites mal dormidas, momentos os quais simplesmente não sabíamos como reagir, enfim, algumas centenas de situações as quais tivemos que passar para que evoluíssemos como pais. E ainda assim, é incrível como o amor do papai e da mamãe só aumentam. Não existe definição exata de descrever isso.

Hoje, 19/03/2014, enquanto escrevo este texto, minha filha deve estar na escolinha, aprendendo alguma coisa nova para nos presentar ao final do dia. Hoje também é dia de assoprar a velinha e cortar o bolo, sabendo que a grande festa ainda está por vir. No entanto, não há como deixar de agradecer a Deus por todos os momentos passados que passamos juntos, e desejar que ainda Ele nos permita que passemos outros tantos. 

Parabéns minha filha, hoje é seu dia. E ainda que esta seja uma pequena homenagem do papai a você, saiba que meu sentimento é impossível de ser resumido em algumas linhas. Acho que nunca encontrei a medida exata, talvez porque ela não exista, ou porque talvez nunca pare de aumentar.

Papai te ama.

SAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget