quinta-feira, 1 de agosto de 2013

O divisor de águas.

Nada melhor que do que desafios para nos elevarmos de patamar. Pois bem, as próximas rodadas do Brasileirão serão um divisor de águas na caminhada do Verdão. 

O próximo adversário Coxa é o Cruzeiro em BH, o que já é um grande desafio por si só. O time celeste é um adversário qualificado, tem tradição, e está muito bem colocado na classificação do campeonato. Some-se a isto a ausência do nosso maior craque do time e diferencial alviverde até então, Alex, além dos outros desfalques que a equipe terá, como é o caso de Geraldo.

Mas é neste momento que o Verdão pode provar que o famoso planejamento está correto. Depender exclusivamente de Alex, por melhor e mais decisivo que ele seja, pode ser temerário no decorrer da competição. São nestes momentos que jogadores como Lincoln ganham as oportunidades de mostrar serviço, buscarem seus espaços na equipe, e quem sabe se efetivarem no time titular. E com certeza para substituir o cerebral Alex, o jogador deve ser Lincoln.

Como já escrevi anteriormente, não acho ruim em hipótese alguma depender do talento de Alex. Ter um jogador deste quilate do nosso lado é como achar água no deserto. Porém, em determinados momentos a ausência do nosso craque será inevitável, e nos obriga e procurarmos opções para continuar a caminhada rumo aos objetivos. E este jogo de sábado será ótimo para esta equipe ser posta à prova.

Tenho uma leve impressão de que o Verdão não irá perder esta partida de sábado. Jogar fora de casa para o Verdão este ano não tem sido a maior dificuldade, tanto que a equipe mantém-se invicta até o momento. O que é necessário a partir de agora é trabalhar muito para buscarmos esta primeira vitória, pois o campeonato de pontos corridos é regularidade, e buscar pontos fora de casa é fundamental. Quanto antes começar, melhor.

SAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget