terça-feira, 9 de julho de 2013

[TPA] - Tensão Pré ateTIBA - Parte 1

Imagino que o que mais deixou os torcedores coxas apreensivos durante a parada da copa das confederações era se a equipe iria manter a pegada firme das primeiras cinco rodadas. E da mesma forma acredito que ninguém tenha se decepcionado com o retorno do Verdão no Brasileirão, após a bela recuperação no empate de sábado. 

A busca pelo placar contra o Flamengo mostra que o Coritiba está firme em seu propósito de brigar lá em cima por uma vaga na Libertadores do ano que vem. E ainda que não tenhamos mais Rafinha em nosso elenco, a equipe conseguiu se comportar bem ao ambiente criado na partida de sábado. 

Obviamente que existe muito o que melhorar, mas vontade e foco esta equipe tem, e muito.

Assim, passada a euforia do retorno ao campeonato, agora temos mais um desafio, e este tem uma repercussão muito maior entre a nossa torcida do que as outras 36 partidas do campeonato: é atleTIBA meu fio.

E a primeira frase que vem  é sempre de que clássico não tem favorito. Bem, neste momento favorito existe sim, e é o Coritiba. A tabela de classificação mostra a diferença de organização e estruturação das duas equipes para o Brasileirão, e o Coxa demonstra que veio para brigar em cima, ao passo que a equipe lá de baixo...bem, vamos deixar para os especialistas deles comentarem né? 

Notícias como o provável retorno de Keirrison e a volta tranquila de Emerson ao elenco principal nos deixam mais confortáveis, pois o Verdão está buscando montar um elenco, e não somente uma equipe de onze jogadores. Porém, atleTIBA não é só isso, é história, tradição, rivalidade (sadia, obviamente), entre tantos outros sentimentos que só um clássico carrega.

E neste momento, o principal é não se iludir com tabela de classificação, e manter o foco no que realmente é alvo. Se o adversário está mal, problema deles, nossa meta é outra. Porém, menosprezar este adversário é inaceitável, pois são nestes momentos que a vida nos prega peças e nos ensina que a "soberba" é o abismo entre o fracasso e o sucesso.

Foco, esta é a palavra. Mantê-lo é sinal de sucesso. Perdê-lo, é sinal derrota. 

SAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget