sábado, 29 de junho de 2013

E se vai (pelo jeito) o último dos moicanos.

Nesta tarde o Coritiba realizou um amistoso contra o Figueirense, com o resultado final de 2 x 2. Mas tudo o que aconteceu no jogo foi sepultado a partir do momento que surgiu a notícia da provável saída de Rafinha para o futebol árabe. Por tudo o que se tem de informações, as negociações estão avançadas, e pelo que parece, faltam detalhes para a conclusão da negociação.

O valor acordado para a transferência gira em torno de R$ 5 milhões de reais. E levando-se em conta tudo o que representa atualmente Rafinha para o elenco, parece pouca grana. Além disso, a provável saída do meia coxa branca deixa uma incógnita sobre quem poderá ocupar seu espaço na equipe titular, pois uma vez em condições físicas e técnicas plenas, Rafinha fazia e muito a diferença em campo.

Me lembro do saudoso meio campo coxa branca de 2011 que tinha Davi, Marcos Aurélio e Rafinha. Aquele esquema que encantou a torcida coxa foi sendo desfeito aos poucos, e Rafinha era o último dos moicanos que ainda se mantinha no clube.

De qualquer forma, é justo que o jogador busque em um determinado momento da vida resolver sua situação financeira, pois este é o único motivo que motiva um profissional a sair de seu país para se aventurar em terras estranhas. Fora isso, Rafinha durante estes anos todos com a camisa coxa branca sempre honrou o clube, sendo o seu respeito pela instituição sempre notório. 

A torcida coxa branca deseja toda sorte do mundo para Rafinha, caso sua saída se concretize. E que com a grana da negociação, que a diretoria aproveite e acerte as eventuais pendências existentes com atletas do clube, para que não aconteçam mais exposições desnecessárias da imagem da instituição pela boca de aventureiros vestidos de empresários.

SAV


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget