sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Dificuldades.


Sem dúvida a Sulamericana deste ano pode não ter o mesmo glamour para nós, brasileiros, como tem a Libertadores. Mas nem por isso ela reserva desafios menores.

Agora o Verdão irá enfrentar o Itagüi, da Colombia. Clube que poucos conhecem, inclusive eu, que nunca tinha ouvido falar nos "águias douradas", mas que joga a primeira divisão colombiana, e que já venceu equipes importantes do país, como o Independiente Santa Fé e América de Cali, estes sim conhecidos nossos.

O interessante é que a dificuldade poderá aumentar gradualmente na medida que o Verdão for avançando. Passando pelo time colombiano, o Coxa pode pegar o Libertad, time paraguaio acostumado a torneios continentais nos últimos anos. E avançando de fase, o adversário pode ser o São Paulo ou a Universidad Católica do Chile, sendo o primeiro atual campeão do torneio, e o segundo tradicional time chileno.

Passando por todas estas fases, chegamos na final, e poderemos bater de frente com adversários argentinos, como Lanús e Velez, ou até a Universidad de Chile. Enfim, mesmo somente com o São Paulo como gigante do continente, ainda assim é um torneio extremamente difícil.

O que podemos concluir é que se a intensão é disputar a Sulamericana, não vai dar para ficar administrando elenco, tem que jogar com o que tem de melhor. Prioridade para nós é ser campeão, independente se é de brasileirão ou sulamericana, e o resto é conversa fiada.

SAV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget